Loading...

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Situação inusitada

Na ausência,
um grande sentimento surge, tornando-me enfraquecida.

Sinto-me triste, ingênua.
Tudo culpa da minha mediocridade.
Totalmente fraca!

Não compreendo o porque de nós termos que passar por isso.
Jamais saberão o que é sentir essa situação inusitada.

Dias difíceis,
pressão, supervisão, incômodo total.
Sem liberdade.
A convivência é difícil,
não há como compreender.
A TPM é um horror!

Tenha sonhos!

Reproduzindo...


Você precisa ter sonhos, para que possa se levantar, todas as vezes que cair.
Acreditar que, a toda hora, acontecerão coisas boas, e mudar o rumo da sua vida.
Você precisa ter sonhos grandes e pequenos. Os pequenos são as felicidades mais rápidas, os grandes são os que dão força para suportar o fracasso dos sonhos pequenos.

Você tem que regar os teus sonhos todos os dias, assim como se rega uma planta para que cresça...
Precisa dizer sempre a você mesmo: "Vou conseguir! - vou superar! - vou chegar no meu sonho!"

Fazendo isso, você estará cultivando sua luz, a luz das esperanças, que nunca deve se apagar, pois ela é a imagem que você passa pras outras pessoas.
É através dessa luz que todos vão lhe admirar, acreditar em você e te seguir.

Mire -se na lua, pois se você não puder atingi-la, com certeza irá conhecer grandes estrelas... Ou quem sabe, poder ser uma delas!

Texto de Vilma Galvão

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

...percepções ...

Olá, quanto tempo, já estava sentindo saudades de escrever aqui!
Pois é, no corre core doido da vida, encontramos pessoas, vivemos situações, coisas inexplicáveis acontecessem...
Nem sempre as expectativas que temos são superadas...porém observando alguns aspectos das pessoas com as quais tenho convido mais de perto, tive a oportunidade de ter percepções que antes não me eram claras, tinha dificuldades em ter olhos críticos. Era demasiada amante destas pessoas que me deixava inerte a qualquer comentário!
Hoje já respiro e tenho forças para dizer com certa autoridade o que acho e o que penso!
Quando as pessoas te dizem o que fizeram e o que não fizeram e te dão mil justificativas para explicar o porquê de isso ou aquilo, é um sinal de respeito? Eu quero acreditar que sim, para ao menos acreditar que tenho certa importância na vida dessas pessoas e que elas estão realmente precisando da minha existência...
..ah como quero acreditar nisso! Preciso acreditar nisso, só assim me motivarei a continuar a caminhada!

foi breve, mas gostoso fazer esse relato! abraços