Loading...

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Elementos da natureza...


Somos movidos e guiados pela mãe Natureza!

O sol nos traz a vida todos os dias ao amanhecer, raio por raio timidamente se apresentam...

...a chuva traz sinal de fecundação e a certeza de uma farta colheita!
A tempestade assusta, mas fascina! É uma troca de energia entre os deuses que nos faz tremer, mas nos deixam atônitos e ansiosos na espera do que está por vir.

E a LUA???

Nossa esse elemento sim é o que mexe com as emoções mais profundas, escondidas timidamente a sete chaves. Escondidas sim, o porquê é que é difícil de saber...pode ser por achar que as pessoas vão te chamar de ridículo, idiota, e daí qual o problema, viva!!!!

Digo isso pois acabei de olhar para o céu e vi a lua crescente, em poucos dias ela estará CHEIA, glamurosa e esplendorosa no seu brilho único e mágico!

Como pode uma beleza assim tão...simples mexer com nossas emoções???

Toda vez que admiro a beleza da lua fico a relembrar de noites em que sonhei, às vezes acordada, vivi e esperei momentos mágicos! De fato alguns se realizaram e estão na memória mais viva dos meus sentimentos! Nesse período de LUA CHEIA essas lembranças e emoções ficam a flor da pele, são tão fortes quanto uma tempestade de raios e ventos uivantes de uma noite de verão!

A doidura dos acontecimentos da natureza se confunde a doidura dos nossos sentimentos e nessa confusão toda acabo me perdendo e me reencontrando em abraços e beijos de uma intensidade indescritível e sincera...




segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Memórias Olfativas...

Desde que nascemos temos uma memória olfativa aguçada! não conseguimos distinguir quem é mãe, pai, enfermeira, avó ou tia, mas sentimos o cheiro da mamãe! Ufa que alívio não estamos perdidos!
Os anos vão passando e vários são os cheiros que percebemos e associamos a alguma coisa, pessoa ou situação.Quando sentimos um cheiro que nos é familiar, logo fazemos a correlação. Hum...cheirinho de comida da vovó, de roupa de cama limpa da segunda-feira rsss e assim por diante! VoCê já se deu conta disso?
Com o passar dos anos percebemos que os cheiros são muito mais importantes do que pensávamos. Um cheiro pode confortar um coração, seja por saudade e até mesmo por uma decepção. Às vezes um cheiro pode desenterrar lembranças de um amor que poderia ter sido "o grande", ou então que um dia foi, talvez por alguns momentos, quem sabe! Podem relembrar um encontro que parecia ser fútil, que era para ser um encontro e nada mais...mas que foi mais, muito mais...que significou e marcou muito além do que deveria...
E quando de repente se sente um cheiro, assim "do nada", assusta!...lembranças de momentos, rostos, gostos e palavras, (ditas e susurradas) e gestos surgem...nos fazem pensar que algo está acontecendo, o difícil é saber o quê?
Será só saudade, um bem querer mais que bem querer, um gostar mais do que um simples gostar?
Quem sabe? É bom, é ruim, faz rir, faz chorar, de raiva, de saudade, de arrependimento, de desejo...
Ah essas memórias olfativas...sempre nos pregando peças!!!!

domingo, 27 de dezembro de 2009

Será fome de amor, sentir...ou precisamos mesmo é cair na real?!?!?!

Será fome de quê? De amor, de sentir...ou necessidade de cair na real?
Uma vez o cantor Renato Russo disse com uma sabedoria ímpar: "Digam o que disserem, mas o mal do século é a solidão".
Pretensiosamente digo que assino embaixo, assim como disse meu amigo Zeca, sem dúvida alguma. E é fácil perceber, pois os sinais estão na nossa cara diariamente.
As baladas estão cheias de meninas lindas e esculturais, que usam roupas cada vez mais transparentes e micros. Além disso dançam em poses, que chamam de sensuais, mas que parecem sim poses ginecológicas. só que chegam sozinhas, e na maioria das vezes assim também saem. E não são só elas, mas advogados, empresários, engenheiros que estudaram, trabalharam e alcançaram sucesso profissional estão sozinhos...
Estamos sim é com carência de passear de mãos dadas, dar e receber carinho, fazer um jantar para quem você gosta e depois saber que vão apenas "dormir abraçados"! São essas coisas simples que foram se perendo nessa evolução que nos cega.
Não se pode de forma alguma interromper a carreira - DEUS O LIVRE!!! - isso não! Se relembrarmos o filme - Tempos Modernos - de Charles Chaplin, quando criticavam o modelo de produção da época, é possível fazer uma analogia com a nossa vida, hoje! Parecemos máquinas ambulantes, precisamos produzir mais e ser melhor do que os outros e blábláblá...
Só que no meio disso tudo estamos esquecendo de VIVER!!! Simplesmente viver, você ainda lembra o que é isso? A palavra é sentir, mas isso anda um pouco distante da sua vida não é?
O Orkut é um bom exemplo disso, é só percerber as comunidades que existem, tais como: "Quero um amor para a vida toda!"; "Eu sou pra casar!"; e até a desesperançada: "Nasci pra ser sozinho!".
Estamos vivendo cada vez mais, retardando o envelhecimento...estamos cada dia mais belos, porém mais sozinhos...
Pode parecer que estou falando de bobagens, estou sozinha, mas para falar sobre isso é preciso ter coragem e enfrentar alguns fantasmas, literalmente dar a cara pra bater! O fato é que todo mundo quer alguém do seu lado, só que isso, hoje, parece feio, demodé, brega!
HEI PESSOAS!!!! Felicidade, amor, essas emoções nos fazem sim parecer ridículos, abobalhados, etc.. e daí? Seja RIDÍCULO, mas não seja FRUSTRADO! "Pague mico, saia gritando, dê gargalhadas, fale bobagens...mais cedo ou mais tarde você vai acabar descobrindo que o tempo pra ser feliz é curto, e se chama PRESENTE, que é hoje!!! Cada instante que passa não volta, é como a água do rio, que corre em uma direção, não volta...
Fatos passados, são como o nome já diz PASSADO! É certo que nosso presente é feito do passado, mas já foi, passou! Esqueça! Frustrou-se com um amor...normal, mas um não é igual a outro, cada pessoa tem um diferencial!!! Aproveite a vida, viva o momento, curta e seja, simplesmete, feliz!!! Faça alguém feliz e seja da mesma forma com essa pessoa! Simples, não é?
Ser adulto é algo estranho, complicamos tudo! Quem disse que ser adulto é ser ranzinza? Se nào temos um problema de fato, procuramos um...
Problemas todos temos! Há um ditado tibetano que diz que se um problema é grande demais, não pense nele, e se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele?
É posível ser um homem de negócios, de sucesso, e comer iogurte com o dedo, ou então ser uma advogada respeitada e rir de si mesma por ser estabanada...
O que não dá é achar que a vida é só trabalhar e esquecer de viver, de sentir, de compartilhar a felicidade...
...e achar que não posso me aventurar e dizer para um certo alguém:
"VAMOS TER BONS E MAUS MOMENTOS E UMA HORA OU OUTRA, UM DOS DOIS OU OS DOIS, VÃO QUERER PULAR FORA, MAS SE EU NÃO PEDIR PRA VOCÊ FICAR COMIGO TENHO CERTEZA DE QUE IREI ME ARREPENDER PARA O RESTO DA VIDA!!!
ANTES IDIOTA DO QUE INFELIZ!!!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Saudade....Amor
Quem nunca sentiu uma saudade que machuca?Saudade de algo/ momento perfeito que sempre foi perfeito e não se acredita que não é mais ....Aí parece estarmos vivendo um pesadelo interminável,que aterroriza e nos faz acreditar menos e nos dá como resultado a dúvida!São tantos porquês, tantas perguntas sem respostas que acabam nos deixando sem saber o que fazer...o que pensar...ou como agir....E sabe no que resulta ? Agirmos impulsivamente, erroneamente, superficialmente e friamente.... seria tão mais fácil se houvessem as respostas...Mas como saber se não temos a certeza do que as outras pessoas sentem, somente a nossa?A minha certeza eu sei qual é....Eu sei realmente o que sinto...o que quero! Mas a incerteza faz com q eu me prive de mim mesma e finja ter uma felicidade irreal,inverdadeira....porque eu sei qual é a minha verdadeira felicidade....Eu sei exatamente o que quero e o que preciso para estar completa....sempre falta alguma coisa ....Essa é minha realidade no momento....Se esconder,tentar mostrar o que não é real e tentar "esconder a tristeza "com um sorriso falso,superficial,mentiroso ....Nos faz cometer os mais variáveis erros....inúmeros e incalculáveis que quando se pára e pensa :Valeu?Você pensa:De nada!E essa dor te arrasta pra um lugar desconhecido cheio de culpa e arrependimento....comparações e sentimentos sombrios de perguntas variadas e ataques a si mesmo...e essa estrada é longa...interminável...sem volta...Eu errei por tentar mostrar uma coisa que não sou querendo achar que sou uma menina superpoderosa e não sofro!E aí vem os erros que geram cobranças e arrependimentos e sofrimento!Mas na hora não pensamos....porque não sabemos e não entendemos e nem cremos que essa está sendo a realidade fria,nua e crua e essa realidade é destruidora....avassaladora...AUTO destrutível...Porque não ser sincera....porque não dizer :caralho!Tá foda essa dor que me fere a cada dia....que me consome e me derruba como nunca NADA havia derrubado antes...Pois me auto intitulei INTOCÁVEL,inabalável...Mas descobri algo que me fez sentir frágil...de cristal...quebrável...******O AMOR!!!!*******Ele nos faz sem noção...não ele e sim a falta de quem amamos...nos faz ser fútil......se sentir a pior das pessoas, por ter sido tão imaturamente ridícula, por fazer o que realmente não significa 1% do imenso amor que há em mim....e bate !A dor infinita,imortal....e vem com ela a nostalgia,a dor insuportável e o desejo de mudar o rumo das coisas....mesmo q a burrice não tenha como ser apagada!O que foi feito foi!Não dá para simplesmente esconder e se é impossível voltar atrás...Mas nossos atos correspondem com a mentira que tentamos fazer parecer o que sentimentos....A Falsa felicidade pode nos fazer agir de forma tão idiota que só resta mudar e demonstra que nossa real é uma PUTA tristeza absurda por não ter os passos para poder seguir em frente a procura da mudança do amor!Do seguir em frente e achar a felicidade que ficou ali ....no relacionamento, o mais próximo da tal perfeição que não existe...por isso é o mais próximo! ...mas seguir em frente muitas x não esta ao alcance de nossas mãos...não é fácil querer ....chama o seu nome....desesperado,cheio de mágoas,louco de saudade e ansiedade...nem que seja pra saber de você...nem que seja pra ouvir sua voz ...sentir teus braços num abraço verdadeiro no encontrar de nossas almas como sempre foi....de sentir sua pele em meu rosto ,te ver seus olhos olhando nos meus e ver que somos feitos um pro outro sem nenhuma duvida e que apesar de todas as diferenças,barreiras,dificuldades...nos completamos nos amamos....somos um só!Então porque o que vivemos se acabou?Porque tao fácil...porque tao frágil como um cristal que se quebra em zilhões de minúsculos pedacinhos que muitas vezes nem podem ser vistos....porque? São tantos porquês...tantas dúvidas e esses sentimentos por algo q eu tinha a maior certeza de que não era incerto e sim certo!Complexa essa frase não ...É a confusão que paira sobre meu ser que me deixa perdida...'anormal",frágil e abalada!Me sinto uma formiguinha no meio de um monte de gigantes ....me sinto vinda de marte....me sinto vazia!E logo eu que sempre fui completa ,repleta de alegria,cheia de força e garra,segura de si....hoje me vejo apenas VAZIA!Eu nunca fui assim....e quem me conhece bem se assusta ao me ver tão fragilizada....tão vulnerável....tão emocionalmente abalada,sem saber como agir e me escondendo da tristeza avassaladora do AMOR!

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Final de ano e chega-se a conclusão de que...
...O grande barato da vida é olhar para trás e sentir orgulho. É viver cada momento e construir a felicidade aqui e agora. Claro que a vida prega peças. O bolo não cresce, o pneu fura, chove demais, perdemos pessoas que amamos...
Mas, pensa só:
Tem graça viver sem rir de gargalhar, pelo menos uma vez ao dia? Tem sentido estragar o dia por causa de uma discussão na ida pro trabalho?
Eu quero viver bem... E você? 2009 foi um ano cheio de coisas boas, mas também de problemas e desilusões, tristezas e perdas, reencontros...
Normal... 2010 não vai ser diferente. Muda o século, o milênio muda, mas o Homem é cheio de imperfeições, a natureza tem sua personalidade que nem sempre é a que a gente deseja, mas, e aí? Fazer o quê? Acabar com seu dia? Com seu bom humor? Com sua esperança?
O que eu desejo pra todos nós é sabedoria. E que todos nós saibamos transformar tudo em uma boa experiência. O nosso desejo não se realizou?
Beleza... Não estava na hora, não deveria ser a melhor coisa para esse momento (me lembro sempre de uma frase que ouvi e adoro: 'cuidado com seus sonhos, desejos, eles podem se tornar realidade').
Chorar de dor, de solidão, de tristeza, faz parte do ser humano... Mas,se a gente se entender e permitir olhar o outro e o mundo com generosidade,as coisas ficam diferentes. Desejo para todo mundo esse olhar especial!
2010 pode ser um ano especial, se nosso olhar for diferente.
Pode ser muito legal, se entendermos nossas fragilidades e egoísmos e dermos a volta nisso. Somos fracos, mas podemos melhorar. Somos egoístas, mas podemos entender o outro.
2010 pode ser o máximo, maravilhoso, lindo, especial!
Depende de mim... De você. Pode ser... E que seja!
(Arnaldo Jabor)

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Chega uma hora na vida em que você descobre...
...quem interessa...
...quem nunca interessou...
...que não interessa mais...
...e quem ainda vai interessar!
Portanto, não se preocupe com quem já fez parte do seu passado;
há um motivo para não estarem no seu futuro!
Dê valor àqueles que fazem parte do seu presente, eles poderão fazer parte do seu futuro!
Felicidade...
...não curta somente o sol, aproveite também a lua... Não curta somente a calmaria, aproveite a tempestade... Tudo isso enriquece a vida... Ela não pode ser vivida somente dentro de uma casa, a vida tem que ser experimentada dentro do universo... A felicidade é um jeito de viver, é uma postura de vida, é uma maneira de estar agradecido a tudo, não somente ao sol, mas também à lua, não somente a quem lhe estende a mão, mas também a quem o abandona, pois certamente nesse abandono existe a possibilidade de descobrir a força que existe dentro de você...

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009


A efemeridade da vida


O resultado de pensar na minha vida não tem sido muito favorável a mim, fico a pensar em tudo, num instante faço uma viagem alucinante pelos meus últimos três anos em que mudei de cidade, de rotina, de círculo de amigos,de ambiente, de comportamento, de cultura....
Tudo vem e vai numa rapidez estúpida e cruel, nem ao menos temos a chance de nos despedir daquilo que parecia tão certo e agradável. Pessoas, sonhos, vontades vem tão rápidas quanto vão, e apenas sobra um pensamento “foi bom enquanto durou”. Realmente, a vida é isso, um turbilhão de coisas que são boas enquanto duram, apesar de quase não perdurarem por muito.
Tenho saudades de algumas coisas (e pessoas) que se perderam no caminho....
Me pergunto se a vivacidade se transformou em algo mais calmo, não tão impulsivo. Assisto à possibilidade de mudanças repentinas, que procuro continuamente mas, que me trazem medo como acréscimo. Medo daquilo que não conheço, daquilo que poderá ser, das consequências das minhas decisões, tomadas por vezes no próprio instante. Até que ponto me identifico com esta corda bamba entre a tendência do comodismo e conformismo de uma vida regular e uma incessante vontade de procurar sempre algo novo, que me faça sentir que aprendi mais um pouco, que cresci mais um pouco.
Na teoria tudo parece fácil, lindo, e bastaria escolhermos se chutamos o balde ou se nos conformamos com o que é agradável mesmo não sendo o mais "desejado" ou lutar pra chegar ao pote de ouro no final do arco-íris, sem lamentar ter se enforcado na corda bamba, e sem se arrepender de ter subido nela. Fazer a escolha certa ou errada mas sem medo das suas conseqüências e saber que nem sempre nos é permitido voltar a trás e começar de novo, ou nos enforcamos de vez ou livramo-nos da maldita corda da indecisão.
Até tenho certezas de algumas coisas, mas no entanto é tudo tão vulnerável às transformações das minhas decisões que fico receosa. Espero e tento sempre que haja evolução mas quando chega à hora e me deparo com a mudança necessito de parar. Assusto-me. Receio.

Recordo o que fui, sinto-me grata por todas as recordações que guardo. Contudo também tenho momentos em que apenas gostava de presenciar aquilo que vivi, aquilo que senti. Ao longo do tempo, vou ganhando a consciência de que há coisas que só se vivem uma vez na vida...e mesmo que tenhamos a oportunidade de vivê-las mais uma vez, passar pela experiência de novo...nada é igual. Os sentimentos mudam, as pessoas tornam-se diferentes e aqueles que julgávamos eternos ontem, hoje já não o são...

E é tudo isto que, por vezes, me paralisa e me faz tentar não parar e pensar na vida, de modo a não sucumbir às incertezas e apenas esperar que as opções tomadas sejam as mais corretas.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Para refletir: " Se você pode achar um caminho sem obstáculos, provavelmente ele não leva a lugar nenhum" Frank Clark
Na vida precisamos de alguma dificuldade pra dar valor...

Necessidades de uma vida....

Nessa vida se tem necessidades antes mesmo de estarmos no mundo, literalmente!

Analisando as necessidades de um recém-nascido e levando para a vida de uma pessoa adulta, há muita coisa que não mudou! Somos eternos bebês! Precisamos de carinho constantemente, embora muitos pensem que são fortes o suficiente para viver só de trabalho e consumo, isso faz parte! Quem não gosta de um carinho, de um abraço "de urso", de um cafuné numa noite de chuva, de um afago num dia difícil! Todos nós! Se fosse possível, seríamos eternas crianças!

Enfim, necessitamos de carinho, amor, cumplicidade, afeto e troca mútua!

Diga a quem você ama, o quanto a ama, seja sincero, faça isso, não deixe de fazer, pois quando pensar em fazer pode ser tarde demais! Viva a vida e faça suas necessidades serem atendidas, e satisfaça as necessidades quem as tem!

Um abraço de urso a todos, e aos meus amigos um MUITO e SINCERO OBRIGADO por existirem e fazerem parte de minha vida!